Esporte

FUTEBOL AMAERICANO
 
 
Uruguay Charrúas vence de virada o Juventude e conquista o Pampa Bowl

 by Henrique Riffel
 

Um marco na história do futebol americano jogado no Rio Grande do Sul e no Brasil. Assim podemos classificar o evento internacional realizado neste sábado (25) pelo Juventude para o Pampa Bowl. Caxias do Sul viveu intensamente o gridiron em todas as formas. A festa teve como sede o Sesi Centro Esportivo Jacintho Maria de Godoy. Três jogos fulminantes para os fãs do esporte. Desde flag football, passando pelo under 19 até o jogo principal. Participaram o Rio de Janeiro Big Riders, Santa Cruz Chacais, as seleções do Uruguay Charrúas – flag feminino e full pads/tackle masculino – e o anfitrião Juventude – under 19 e roster principal.

Saiba como foi o Cimarrón Bowl de 2016


O evento foi um presente de retribuição pelo Cimarrón Bowl de 2016, quando o Juventude foi visitar o pampa uruguaio. Na edição, os Charrúas bateram os gaúchos pelo placar de 16 a 0.

O primeiro jogo do Pampa Bowl foi disputado entre as Big Riders e as Charrúas. Com bom desempenho da quarterback #19 Jheanine Coelho, as cariocas bateram as uruguaias pelo placar de 12 a 0. No primeiro tempo, Coelho conectou a wide receiver #8 Ester Alencar – que atua no Curitiba Silverhawks – para touchdown. No segundo tempo, Coelho distribuiu para a center #72 Jessica Sisquim para TD. Ambos os tries foram impedidos pelas Charrúas.

No segundo jogo da tarde, um confronto inédito entre equipes U19 gaúchas. O Santa Cruz Chacais venceu o Juventude pelo placar de 16 a 0. O primeiro touchdown partiu no segundo quarto, quando o running back #27 Weslei Oliveira, percorreu cerca de 23yd em off tackle pela direita até ultrapassar a goal line. O try terminou sem sucesso. No primeiro lance da volta do intervalo, o kick returner #29 Gustavo Polito costurou a defesa caxiense em um retorno de mais ou menos 70yd para touchdown no kickoff. O próprio Polito tratou de ampliar com o PAT. Durante o último período, Polito acertou um field goal de 44yd para dar os números finais ao duelo.

Um detalhe especial nas pontuações dos Chacais é que tanto Oliveira quanto Polito já atuam na equipe principal da matilha azul.

No início da tarde, o evento principal. O Juventude entrou no relvado disposto a devolver a derrota do ano anterior. Com tanto gás, os mandantes abriram o placar em uma corrida de 11yd para touchdown executada pelo halfback #11 Marcos Vinicius de Almeida. A defesa uruguaia tratou de bloquear a tentativa de extra point.

Durante o segundo quarto, os Charrúas descontaram com um field goal de de 34yd chutado pelo placekicker #81 Gerson Pereyra. Os visitantes ainda tiveram a chance de empatar o confronto em nova tentativa de field goal, mas um bad snap decretou a felicidade da torcida local. 6-3.

Com o relvado pesado pelas fortes chuvas que castigaram a Serra Gaúcha por mais de seis horas, os turnovers foram inevitáveis. Em sua quarta visita na redzone, os Charrúas conseguiram capitalizar sua campanha com um touchdown do quarterabck #10 Alejandro Mirande, em uma corrida curta de 2yd. O runnning back #28 Diego Olivera concluiu com a conversão de dois pontos.

Durante o último quarto, a batalha dos turnovers seguiu para o lado dos Charrúas, que conquistaram seis posses através de recuperação de fumbles, contra três do Juventude. Os uruguaios chegaram a ameaçar a meta caxiense em mais duas oportunidades de field goal. A primeira de 45yd e a segunda de 37yd. Ambos os chutes foram ruins. Final 6-11.

 

 


Contato

FOLHA DA CIDADE

Folha da Cidade é um jornal periódico online do Rio Grande do Norte
Equipe: Fernando Pereira-DRT RN 154 JP(Editor, jornalista e reporter fotografico), Elias Medeiros - DRT RN 1683 JP(Jornalista e Repórter fotográfico), Adrovando Claro-DRT RN 531 RF, José Aldenir - DRT RN 90 RF e Cláudio Marques DRT RN 50 RF(Repórteres fotográficos), Charge: Téo Duarte(DRT 1343/RN). Contato: Caixa Postal 2708 - Natal - RN - 59025-971 - Brasil.
Material enviado por colaboradores, assessorias de imprensas e coletado de órgãos de imprensa em geral. As matérias publicadas não traduzem necessariamente a posição jornalísticas da Folha da Cidade. O material pode ser reproduzido desde que respeitado integralmente as fontes.