Esporte

 

CAMPEONATO MUNDIAL FEMININO: Brasil faz o primeiro treino em Nagoya


Brasileiras jogarão com a Alemanha na abertura da segunda fase na madrugada do próximo domingo, à 1h25, com transmissão ao vivo do 

Brasil treina em Nagoya
(Divulgação/CBV)
De Nagoya, no Japão, Vicente Condorelli – 05.10.2018
A seleção brasileiras feminina de vôlei já está em Nagoya, no Japão, para a disputa da segunda fase do Campeonato Mundial. A equipe do treinador José Roberto Guimarães chegou na cidade japonesa na tarde desta sexta-feira (05.10) e realizou o primeiro treino no ginásio de competição. O time verde e amarelo estreará nessa nova etapa à 1h25 (horário de Brasília) da madrugada deste domingo (07.10), à 1h25, com transmissão ao vivo do SporTV 2.
As brasileiras terminaram a primeira fase do Mundial em segundo lugar no grupo D, com 12 pontos (quatro resultados positivos e um negativo). A Sérvia ficou na liderança, com 15 pontos (cinco vitórias), a República Dominicana finalizou em terceiro lugar, com nove, e Porto Rico em quarto, com seis
Na segunda fase, o Brasil forma o grupo E ao lado da Sérvia, República Dominicana e Porto Rico (qualificadas pelo grupo D) e Holanda, Japão, Alemanha e México (classificadas pelo grupo A). Cada equipe disputará quatro jogos não repetindo os adversários da primeira fase, portanto o Brasil duelará com as alemãs, mexicanas, holandesas e japonesas. Ao final dessa fase, as três melhores classificadas passarão à terceira etapa. Além disso, as seleções começam a segunda fase com os pontos acumulados da primeira.
A central Bia, um dos destaques da equipe verde e amarelo, comentou sobre o primeiro dia de treino em Nagoya e falou da expectativa para a segunda fase da competição.
“Chegamos hoje em Nagoya para uma fase que será muito difícil. Todas as nossas partidas serão finais antecipadas. Fizemos o reconhecimento do novo ginásio e estamos muito felizes de estar aqui. O nosso primeiro jogo será contra a Alemanha que tem grandes atacantes e faz um jogo mais acelerado. Vamos estudar bastante o time delas e será necessário jogar muito bem taticamente. A nossa relação entre o bloqueio e a defesa também precisa funcionar. Depois, enfrentaremos outras seleções difíceis como a Holanda, o Japão e o México e vamos para cima em busca dos nosso objetivos”, afimou Bia.
A líbero Suelen também falou do momento atual do time verde e amarelo e do primeiro adversário do Brasil na segunda etapa.
“Estamos evoluindo a cada dia e temos nos dedicado bastante nos treinamentos. Esse ano fomos superadas pela Alemanha na estreia da Liga das Nações e sabemos que será um jogo difícil. O grupo está confiante e temos tudo para fazer uma boa partida”, finalizou Suelen.
Tabela – Primeira fase – Hamamatsu (Japão)
29.09 (SÁBADO) – Brasil 3 x 0 Porto Rico (27/25, 25/12 e 25/7)
30.09 (DOMINGO) – Brasil 3 x 0 República Dominicana (25/15, 25/20 e 25/22)
01.10 (SEGUNDA-FEIRA) – Brasil 0 x 3 Sérvia (21/25, 18/25 e 19/25)
03.10 (QUARTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Quênia (25/13, 25/10 e 25/16)
04.10 (QUINTA-FEIRA) – Brasil 3 x 0 Cazaquistão (25/11, 25/20 e 25/13)
Segunda fase – Nagoya (Japão)
07.10 (DOMINGO) – Brasil x Alemanha, à 1h25 (horário de Brasília), no SporTV 2
08.10 (SEGUNDA) – Brasil x México, à 1h25 (horário de Brasília), no SporTV 2
10.10 (QUARTA-FEIRA) – Brasil x Holanda, à 1h25 (horário de Brasília), no SporTV 2
11.10 (QUINTA-FEIRA) – Brasil x Japão, às 7h20 (horário de Brasília), no SporTV 2
YouTube Vídeo Bia
https://www.youtube.com/watch?v=0GubNFVh59g

 


Contato

FOLHA DA CIDADE

Folha da Cidade é um jornal eletrônico periódico online do Rio Grande do Norte
Equipe: Fernando Pereira-DRT RN 154 JP(Editor, jornalista e reporter fotografico), Elias Medeiros - DRT RN 1683 JP(Jornalista e Repórter fotográfico), Adrovando Claro-DRT RN 531 RF, José Aldenir - DRT RN 90 RF e Cláudio Marques DRT RN 50 RF(Repórteres fotográficos), Charge: Téo Duarte(DRT 1343/RN). Contato: Caixa Postal 2708 - Natal - RN - 59025-971 - Brasil.
Material enviado por colaboradores, assessorias de imprensas e coletado de órgãos de imprensa em geral. As matérias publicadas não traduzem necessariamente a posição jornalísticas da Folha da Cidade. O material pode ser reproduzido desde que respeitado integralmente as fontes.