10/04/2018 18:24

Natal participa da “Campanha Nacional da Voz” de 15 a 20 de abril

Conscientização e exames para diagnóstico precoce fazem parte da programação


Cuidar da saúde é essencial e o diagnóstico precoce é uma das principais medidas. É pensando nisso que a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP), a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCCF) e a Academia Brasileira de Laringologia e Voz (ABLV) se unem para promover a 20ª Campanha Nacional da Voz 2018, realizada de 15 a 20 de abril, com o tema “Afine a Sua Saúde – Cuide da Sua Voz”. Em Natal-RN, ações preventivas e educacionais serão desenvolvidas em escolas públicas e privadas, shoppings, na Liga Contra o Câncer e no Hospital Universitário Onofre Lopes.
Em todo país, profissionais da saúde e institutos parceiros desenvolvem atividades de orientação e diagnóstico precoce de distúrbios da voz e enfermidades da faringe e laringe. Na capital potiguar, o presidente da SBCCP, Dr. Luís Eduardo Barbalho de Mello, um dos responsáveis pela realização do evento, comenta sobre a importância da Campanha, “Participar de uma Campanha dessa magnitude é motivo de orgulho, reconhecimento e contribuição às melhores condições de saúde da população brasileira. O diagnóstico correto e o tratamento adequado influenciam diretamente na sobrevida e na qualidade de vida dos pacientes”, explica Dr. Luís Eduardo Barbalho.
Na programação, já no primeiro dia (15), a Campanha da Voz sai em caminhada para conscientizar sobre a saúde da voz, na Praia de Ponta Negra, a partir das 9h30, com alunos e profissionais da área esclarecendo dúvidas sobre mitos e verdades correlacionadas a saúde.
No dia 16 de abril, ao qual é comemorado o Dia Mundial da Voz, acontece a Abertura Oficial, na sede da Associação Médica do RN, situada na Av. Hermes da Fonseca, 1396- Tirol, onde ocorrem palestras gratuitas sobre os ‘Cuidados com a Voz’ direcionadas ao público em geral e profissionais.
Já no período de 16 a 20, o Hospital Onofre Lopes desenvolve atividades informativas, das 8h às 12h, com equipes para triagens e avaliações vocais. Na quinta-feira (19), o Natal Shopping recebe intervenção educativa, com apresentações do Coral da Voz do Amor (formados por pacientes que passaram por tratamento contra o câncer de laringe), além de orientações médicas e entrega de material informativo, das 17h às 19h.
E, no último dia da Campanha, 20 de abril, acontece o Mutirão da Voz, com avaliações através de exames efetivados por cirurgiões de cabeça e pescoço e otorrinolaringologistas na detecção precoce de patologias da laringe.
A ação tem patrocínio da Unimed Natal, apoio local da Sociedade de Otorrinolaringologia Norteriograndense, do Hospital Onofre Lopes e Liga Contra o Câncer, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN e Universidade Potiguar. Realização da SBCCP, ABORL-CCCF e ABLV.
Saiba mais
O Dia Mundial da Voz e o Dia Nacional da Voz teve início no ano de 1999, no Brasil e, após quatro anos, passou a ter expressão internacional, com eventos nos Estados Unidos, Europa e Ásia. Essa conscientização já auxiliou milhares de brasileiros.
Uma das doenças que acomete a região é o câncer de laringe. Segundo informações do Instituto Nacional de Câncer – INCA, ocorre predominantemente em homens e é um dos mais comuns entre os que atingem a área da cabeça e pescoço, sendo 25% dos tumores, malignos. A estimativa de novos casos, em 2018, é de mais de 7,5 mil, sendo 6.390 em homens e 1.280 em mulheres.

—————

Voltar


- AddThis Button BEGIN -->

Contato

FOLHA DA CIDADE

Folha da Cidade é um jornal eletrônico periódico online do Rio Grande do Norte
Equipe: Fernando Pereira-DRT RN 154 JP(Editor, jornalista e reporter fotografico), Elias Medeiros - DRT RN 1683 JP(Jornalista e Repórter fotográfico), Adrovando Claro-DRT RN 531 RF, José Aldenir - DRT RN 90 RF e Cláudio Marques DRT RN 50 RF(Repórteres fotográficos), Charge: Téo Duarte(DRT 1343/RN). Contato: Caixa Postal 2708 - Natal - RN - 59025-971 - Brasil.
Material enviado por colaboradores, assessorias de imprensas e coletado de órgãos de imprensa em geral. As matérias publicadas não traduzem necessariamente a posição jornalísticas da Folha da Cidade. O material pode ser reproduzido desde que respeitado integralmente as fontes.